NOTÍCIAS

18/03/2012

Formação em DAE

Formação em DAE

No passado dia 17 de Março de 2012, a Associação reforçou o número de bombeiros com formação em Desfibrilhação Automática Externa (DAE) para 18 elementos.

A aposta nesta formação surge no âmbito do processo de implementação de um Programa de DAE nos termos do Decreto-Lei 188/2009 de 12 de Agosto, que apresenta como um dos requisitos a existência de pessoas com treino específico para praticar atos de Desfibrilhação, a par de um sistema de auditoria técnica e os respetivos equipamentos de DAE, que neste momento são 4. 

No que concerne à formação dos operacionais de DAE, só entidades acreditadas pelo INEM podem ministrar formação e este aspeto é fundamental para o licenciamento de programas.

Por ano, morrem mais de 700 000 adultos na Europa, vítimas de doença cardiovascular, fazendo desta a primeira causa de morte no mundo Ocidental. Destes, pelo menos 40% morrem de morte súbita cardíaca, antes de chegarem ao hospital.
Na impossibilidade de ter um médico em cada local, muitas vidas podem ser salvas se as pessoas em redor ligarem 112, e se devidamente formados/treinados, iniciarem suporte básico de vida (SBV) e providenciarem desfibrilhação automática externa (DAE) em poucos minutos. Fonte: INEM

O objetivo de um Programa de DAE é melhorar a taxa de sobrevivência de pessoas que sofram morte súbita cardíaca.




1 2 3 4 5 6 7